Nossa Política

Em texto, Ursal Bar repudia intolerância e agressão a funcionários

Em texto, Ursal Bar repudia intolerância e agressão a funcionários
Em texto, Ursal Bar repudia intolerância e agressão a funcionários
Tudo foi manchado, pela intolerância, a violência que corta o diálogo, que corta uma carne, que corta um sonho e que deixa uma poça do nosso sangue, do meu sangue, do seu… Até quando?

Publicado no Facebook do Ursal Bar, em Belo Horizonte:


O momento é crítico. Você tem medo, tem incertezas. E agora?

Existe sangue nas ruas, existe sombras, a violência é um presságio. Você decide enfrentar tudo de cabeça erguida. Você cria um lugar que deveria ser seguro, um refúgio, um local sobretudo de alegria, de confraternizações, um lugar onde você possa ser você sem medo e sem amarras. Um lugar protegido, em que você é simplesmente livre para amar, para sonhar com um futuro onde não seja necessário redutos de segurança e você é interrompido desse sonho por um grito. Há um grito de dor, mais sangue, nosso sangue, na calçada que deveria ser palco de alegria. Tudo foi manchado, pela intolerância, a violência que corta o diálogo, que corta uma carne, que corta um sonho e que deixa uma poça do nosso sangue, do meu sangue, do seu… Até quando?

Ontem três de nossos funcionários foram agredidos por pura intolerância. Foram gritos, ameaças vis, seis pontos e um rojão. Hoje abrimos as portas em respeito e em homenagem aos nossos guerreiros. Nós somos resistência.


Escreva um comentário

Categorias