Nossa Política

Caso Marielle: Um ano sem respostas

Caso Marielle: Um ano sem respostas
Caso Marielle: Um ano sem respostas
Para diretora da Anistia Internacional, todas as questões sobre a morte da vereadora Marielle Franco devem ser respondidas.

Nesta quinta-feira (14), a morte da vereadora Marielle Franco completa um ano. E nesta semana duas pessoas foram presas suspeitas de participarem do crime. Para falar sobre a data e a prisão, o programa Revista Brasil conversou com a diretora executiva da Anistia Internacional no Brasil, Jurema Werneck.

Segundo a diretora, a notícia sobre a prisão foi um passo muito importante no caso. No entanto, ela considera que ainda faltam muitas perguntas a serem respondidas.

“A principal delas é quem mandou matar. Também precisamos saber porquê. Mais vários outros elementos que circularam nas notícias ao longo desse ano precisam ser respondidos também”, ponderou.

Ainda de acordo com Jurema, o caso Marielle é uma oportunidade para as autoridades do Brasil virarem a chave e trazerem uma nova mensagem para a sociedade de que esse tipo de situação nunca será tolerada.

Fonte: Agência Brasil

Escreva um comentário