Nossa Política

Lula não proibiu vacina contra meningite

Lula não proibiu vacina contra meningite
Lula não proibiu vacina contra meningite
Lula vetou um projeto de lei justamente porque a vacina contra e meningite meningocócica C (conjugada) já fazia parte do calendário básico de vacinações.

“Lula veta inclusão de 5 vacinas no calendário nacional”: Assim foi compartilhada mais uma mentira em relação ao ex-presidente Lula. Desta vez, a fake news tinha como plano de fundo a morte de Arthur, neto do ex-presidente, por meningite meningocócica.

De acordo com checagem do UOL, Lula vetou um projeto de lei justamente porque a vacina contra e meningite meningocócica C (conjugada) já fazia parte do calendário básico de vacinações.

O projeto aprovado pelo Congresso Nacional em 2010 incluía cinco vacinas na rede pública, entre elas uma que imunizava contra um dos tipos da meningite, a meningocócica C, além de imunizações contra hepatite A, varicela (catapora), pneumococo, meningocócica C e pneumocócica sete valente.

Mas quando o projeto foi vetado, a vacina meningogócica C já integrava o calendário de vacinação da rede pública e era destinada a crianças em duas doses, aos 3 e 5 meses, com um terceiro reforço aos 15 meses de vida.

Escreva um comentário