Nossa Política

Atirador da Nova Zelândia é descrito como um terrorista de “extrema-direita”

Atirador da Nova Zelândia é descrito como um terrorista de "extrema-direita"
Atirador da Nova Zelândia é descrito como um terrorista de “extrema-direita”
Um dos atiradores que mataram 49 pessoas em duas mesquitas na Nova Zelândia tem cidadania australiana e foi descrito pelo primeiro ministro da Austrália como um “violento terrorista e extremista de direita”.

O primeiro-ministro australiano Scott Morrison descreveu um suposto atirador, que tinha cidadania australiana, como um “violento terrorista e extremista de direita”.

Um homem de vinte e tantos anos foi acusado de homicídio e comparecerá ao tribunal na manhã de sábado, confirmou a polícia.

Dois outros homens e uma mulher foram detidos nas proximidades e armas de fogo foram apreendidas, disse o comissário de polícia Mike Bush.

Ele disse que a polícia determinou que uma das pessoas detidas não estava envolvida no incidente, e os policiais estavam trabalhando para entender se os outros dois estavam conectados.

O tiroteio foi o mais mortífero da história do país.

Com informações da BBC.

Escreva um comentário