Nossa Política

Castello Branco prometeu entregar o poder a um presidente civil em 1966

Empossado, Catello Branco prometeu entregar o poder em 1966
Castello Branco prometeu entregar o poder a um presidente civil em 1966
O primeiro presidente da ditadura militar, o marechal Humberto Castello Branco, prometeu, durante a posse, entregar o poder em 1966 a um presidente eleito pelo povo. Ditadura duraria 21 anos.

Em seu discurso de posse, o marechal Humberto Castello Branco prometeu entregar o poder a um sucessor “legitimamente eleito pelo povo”.

Espero, também, em me ajudando o espírito de colaboração de todos os brasileiros e o sentimento da gravidade da hora presente, possa entregar, ao iniciar-se o ano de 1966, ao meu sucessor legitimamente eleito pelo Povo, em eleições livres, uma Nação coesa e ainda mais confiante em seu futuro, a que não mais assaltem os temores e os angustiosos problemas do momento atual.

Como na sua posse na presidência da República, em 15 de abril de 1964, a Constituição de 1946 continuava em vigor, o marechal foi eleito para terminar o mandato de cinco anos iniciado por Jânio Quadros em 31 de janeiro de 1961.

Assim, Castelo Branco deveria governar até 31 de janeiro de 1966. Porém, posteriormente, seu mandato foi prorrogado e foram suspensas as eleições presidenciais diretas previstas para 3 de outubro de 1965. Com a suspensão das eleições diretas para presidente, o Congresso Nacional escolheu o marechal Arthur da Costa e Silva.

 

Escreva um comentário

Categorias