Nossa Política

Disputa no Senado nasce de acirramento no governo Bolsonaro

Disputa no Senado nasce de acirramento no governo Bolsonaro
Disputa no Senado nasce de acirramento no governo Bolsonaro
O ministro da Economia, Paulo Guedes, quer Renan Calheiros (MDB-AL); o ministro chefe da Casa Civil é apoiador de Davi Alcolumbre (DEM-AP).

Do InfoMoney:


A despeito do discurso do presidente Jair Bolsonaro (PSL) de que o Palácio do Planalto não interferiria nas eleições para as presidências das casas legislativas, a disputa mais acirrada desde a democratização pelo comando do Senado Federal tem alimentado uma queda de braço dentro do governo.

De um lado, a equipe econômica vê em Renan Calheiros (MDB-AL) melhores condições para viabilizar reformas econômicas estruturais. Do outro, a ala política aposta em Davi Alcolumbre (DEM-AP), por entender maior convergência com a agenda do governo – além de ser correligionário do ministro Onyx Lorenzoni (Casa Civil).

Conforme pontua reportagem do jornal O Estado de S.Paulo, a equipe econômica vê no desfecho do confronto no Senado a oportunidade de isolar Onyx, e abrir um canal direto de negociação com líderes do Congresso.

Nos bastidores, interlocutores do ministro Paulo Guedes (Economia) não escondem a preferência por Calheiros. A postura também enfrenta resistência no grupo do ministro Sérgio Moro (Justiça e Segurança Pública), que trata a possível vitória do emedebista como um obstáculo para o avanço de uma pauta de medidas de combate à corrupção.

(…)


Escreva um comentário

Categorias