Nossa Política

O prontuário e a Previdência

O prontuário e a Previdência
O prontuário e a Previdência
Ainda que a condição de saúde de Jair Bolsonaro não seja grave, a distância de Brasília é palco livre para Mourão e a dupla Flávio-Fabrício e para a reunião de jacarés no novo Congresso.

De Fernando Brito, no Tijolaço:


Embora só com o boletim médico de hoje à tardinha se vá saber da extensão e do prognóstico dos problemas apresentados ontem na recuperação de Jair Bolsonaro, e evidente que haverá um quadro de complicações na sua agenda política, caso se confirme a provável extensão de sua internação hospitalar, inicialmente prevista para se encerrar esta semana e, agora, provavelmente estendida até o fim da primeira quinzena de fevereiro, no mínimo.

É que as já complicadas tratativas para fechar a reforma da Previdência só poderão, evidente, ter o “martelo batido” com o próprio presidente, agora evidentemente advertido de que não pode estar recebendo cantores sertanejos e outras “gracinhas” que compõe o cenário de apresentar-se como “Super-Homem”, obviamente retardam a apresentação da proposta que o Congresso apreciará.

Mesmo que não sejam complicações mais graves, devem produzir mais 15 dias de ausência da já “ausente presença” de Bolsonaro na política, adiando tudo para a segunda semana de março, pós-carnaval.

Palco livre para Mourão e a dupla Flávio-Fabrício e para a reunião de jacarés no novo Congresso.

Neste período, de governo Bolsonaro, teremos Sérgio Moro e Onyx Lorenzoni, apenas. E se, eventualmente, apresentarem formalmente projetos, serão tratados como algo que não tem o aval presidencial.

Não é “secação”. É fato objetivo em um governo inorgânico, onde o único ponto de união – e já nem tanto – é o “Mito”.


1 comentário

  • …não desejo o mal para ninguém…mas na campanha foi “ausente”…as bravatas foram “descobertas”…não “debateu”…não foi à coletiva em Davos…a corrupção “bateu” em casa…; com o psicológico “fragilizado”…a recuperação é afetada…; não estaremos diante de um quadro de “fuga” do enfrentamento de responsabilidades…que estão acima da capacidade?

Categorias