Nossa Política

Marcelo Adnet diz ter sofrido ameaça de morte

Marcelo Adnet diz ter sofrido ameaça de morte
Redator final do programa “Tá no ar”, ao lado de Marcius Melhem, Adnet prepara para se despedir do humorístico, do qual é um dos protagonistas, após seis temporadas.

Do El País:


Em momento de extremismos no país, o humorista Marcelo Adnet (Rio de Janeiro, 1981) é um dos poucos que se dispõe a misturar piada com política.

E isso na maior emissora brasileira, a TV Globo.

É amado e odiado por grupos que, às vezes, pensam da mesma maneira. Frequentemente recebe ameaças nas redes sociais.

A mais grave, ocorreu na campanha eleitoral do ano passado, quando se viu envolvido em uma fake news. O boato atribuía a ele um áudio no qual o então candidato a presidente Jair Bolsonaro (PSL) estaria destratando a enfermeira do hospital onde estava internado se recuperando de uma tentativa de homicídio. “[Me disseram] vou te matar, vou te dar um tiro na cara quando vier na minha cidade”.

Nesse caso, tomou as medidas legais.

Mas nem sempre as toma, senão, iria diariamente à delegacia. Redator final do programa “Tá no ar”, ao lado de Marcius Melhem, Adnet prepara para se despedir do humorístico, do qual é um dos protagonistas, após seis temporadas. E já avisa que não haverá uma continuidade do episódio Vila Militar, aquele que colocou Bolsonaro dentro da história de Chaves, Seu Madruga e Dona Florinda.


Escreva um comentário