Nossa Política

Editorial | Bolsonaro: De Ustra a Stroessner

Editorial | Bolsonaro: De Ustra a Stroessner
Editorial | Bolsonaro: De Ustra a Stroessner
Ontem foi dia de o presidente da República render homenagens a Alfredo Stroessner, general que tomou o poder com um golpe de estado em 1954 e governou o Paraguai durante 35 anos com mãos de ferro. 

Quando deputado, em 16 de agosto de 2016, Jair Bolsonaro divulgou uma foto em que segurava uma camisa com a seguinte inscrição: “Direitos humanos, esterco da vagabundagem”. “O erro da ditadura foi torturar e não matar” também é uma destas declarações que preenchem um compilado de aberrações ditas por Bolsonaro.

Ele também gosta de homenagear torturador e endeusar os generais da ditadura. Mas ontem foi dia de o presidente da República render homenagens a Alfredo Stroessner, general que tomou o poder com um golpe de estado em 1954 e governou o Paraguai durante 35 anos com mãos de ferro.

Não fosse isso, Stroessner é acusado de pedofilia. Militares importantes do seu governo mantinham verdadeiros harém de meninas entre 13 e 15 anos (aquelas que ainda não tinham os ossos duros, como relata aqui uma das vítima). O próprio Stroessner frequentava estas casas rurais onde se aprisionava meninas para servirem como escravas sexuais.

Bolsonaro, reunido com Mario Abdo, presidente do Paraguai (que é filho de um importante assessor de Stroessner), chamou o ditador de estadista.

Existe um país ainda em crise, com milhões de desempregados e o presidente da República, 60 dias após sua posse, ainda vive de palanque, elogios a generais ditadores, “esquerda nunca mais” e bobagens tais. Faz de uma reforma draconiana da Previdência a salvação da lavoura. E medida importante para gerar emprego, nada!

Elogia ditador não resolverá a crise do país. Como também o povo um dia vai sair desta hipnose de ignorância e messianismo. Neste dia não vai dar tempo publicar uma besteira no Twitter como “Ustra vive”. Chegará o tempo em que elogiar ex-ditador acusado de pedofilia não soará bem, como passa agora em brancas nuvens.

2 comentários

  • #LULALIVRE #LIBERTEMLULA

    Não há mais nenhuma dúvida.
    Chegamos definitivamente ao fundo.

    Mas, desde o princípio, a gente já suspeitava que não era um poço. Está mesmo confirmado… é uma fossa!

    E como tem merda!!!

    Incrível ainda ter pessoas que querem experimentar para ver se é bom! Alguém acredita que há como ser bom de alguma maneira?

    É UMA FOSSA CHEIA DE MERDA!!!

    LÁ VEM O BRASIL DESCENDO A LADEIRA…

    -*-*-*-

    Brasil não é mais lugar para nenhum de nós.

    Roubaram de nós a nossa Pátria. Roubaram nossas cores, roubaram nosso hino, roubaram nossas esperanças.

    São os falsos patriotas que apenas apareceram por aqui apoiados por todos os corruptos poderes da República para vilipendiar sobre nossos direitos e nos humilhar de forma amarga e cruel.

    Já passou bastante da hora de nós reagimos de alguma forma.

    OS FALSOS PATRIOTAS
    > https://gustavohorta.wordpress.com/2016/03/18/os-falsos-patriotas/

    FARINHA DO MESMO SACO, VOCÊS
    > https://gustavohorta.wordpress.com/2018/06/13/farinha-do-mesmo-saco-voces/

    • Usei essa mesma frase ‘ lá vem o Brasil descendo a ladeira. Mais pouco chegamos no Japão, de fundo o poço. Que desespero. Sem o menor respeito por tanto sofrimento. Tanta tragédia.