Nossa Política

Damares avalia colocar general na presidência da Funai

Damares avalia colocar general na presidência da Funai
Damares avalia colocar general na presidência da Funai
Franklimberg de Freitas já ocupou a presidência da Funai no governo Temer. Ele foi uma indicação do PSC. Foi exonerado em 2017, após pressão de ruralistas junto ao Palácio do Planalto.

Do blog da Andreia Sadi, no G1:


A ministra da Mulher, Família e Direitos Humanos, Damares Alves, disse ao Blog que vai promover “grandes mudanças” na Fundação Nacional do Índio (Funai) até o fim deste mês – e que avalia o nome do general do Exército Franklimberg de Freitas para comandar o órgão.

“É uma excelente indicação, estamos analisando. É um bom nome o general, íntegro e os índios gostam muito dele”, afirmou a ministra à reportagem.

Franklimberg já ocupou a presidência da Funai no governo Temer. Ele foi uma indicação do PSC. Foi exonerado em 2017, após pressão de ruralistas junto ao Palácio do Planalto.

Assessores de Damares afirmam que ele, além de general, tem origem indígena e, por isso, teria o apoio de setores indígenas para comandar o cargo.

A ministra Damares afirmou que ainda toma pé das atribuições de órgãos da pasta, como a Funai – que saiu do Ministério da Justiça no governo Bolsonaro e migrou para o ministério que chefia.

Segundo ela, por conta de alguns “óbices jurídicos”, não assinou decisões do órgão como a que exonerou a diretora de Proteção Territorial da Funai, Azelene Inacio, na semana passada. Azelene era alvo de uma investigação do Ministério Público por conflito de interesse.

(…)


Escreva um comentário