Nossa Política

Bolsonaro vai identificar e demitir servidores petistas

Bolsonaro vai identificar e demitir servidores petistas
Bolsonaro vai identificar e demitir servidores petistas
Servidores terão as suas redes sociais devassadas. Se tiver postado alguma coisa como “Ele não”, “Fora, Temer”, “Foi golpe”, “Marielle vive” será sumariamente demitido.

Da coluna de Ascânio Seleme, no Globo:


As primeiras demissões de cargos de confiança do novo governo Bolsonaro começam a ser produzidas hoje mesmo, com a saída dos assessores mais próximos dos ministros de Michel Temer. A partir de amanhã tem início uma operação pente-fino, nas palavras de gente próxima do presidente, para identificar quadros do PT dentro da máquina administrativa. O primeiro passo para esta identificação já foi feito. Todos os funcionários sem estabilidade, colocados em cargos comissionados, estão tendo suas contas em redes sociais checadas. Se a pessoa tiver postado alguma coisa como “Ele não”, “Fora, Temer”, “Foi golpe”, “Marielle vive” será sumariamente demitida.

Dentro do governo, pessoas que remotamente pareçam de esquerda estão sendo vetadas para cargos. A repórter Andrea Sadi mostrou no G1 que a administradora Desiré Queiroz, favorita para o cargo de secretária nacional da juventude, deve ser vetada pela ministra Damares Alves por ter defendido em rede social a vereadora assassinada Marielle Franco. A nova administração garante que não fará qualquer concessão à esquerda.

(…)


Escreva um comentário