Nossa Política

Bolsonaro, desça do palanque e comece a governar!

Bolsonaro, desça do palanque e comece a governar!
Bolsonaro, desça do palanque e comece a governar!
Desça do palanque! A eleição acabou. Os seus “adversários comunistas” não venceram a eleição. O presidente da República é você e o povo quer é trabalho e não fake news sobre kit gay.

Descer do palanque e governar logo após o resultado das eleições é característica própria de um bom político; sobretudo quando este político assume o poder em meio a uma crise institucional, permeada por uma polarização política sem precedentes. Acalmar os ânimos, pacificar, buscar melhores condições de vida para o povo seriam as atribuições do novo presidente do Brasil, não fosse ele Jair Bolsonaro.

Bolsonaro acredita que vai conseguir governar do Twitter, lançando anátemas contra os “comunistas”, empurrando com a barriga o discurso de ódio que só prejudica o seu governo. Porque o povo brasileiro (entre eles os seus eleitores) vão contestar, mais cedo ou mais tarde, o discurso vazio contra os adversários em vez de trabalhar. O Bolsonaro derrotista – que diz ter assumido um país destruído pelo PT (Dilma foi golpeada há quase 3 anos) – tem que botar a mão na massa e esquecer as redes sociais.

O povo, Bolsonaro, ainda que talvez enganado, o elegeu pensando numa melhora da situação econômica. O senhor, que não cita o combate à desigualdade social, pois isso é coisa de petista, vai ter que pensar no povo mais pobre desse país. No povo que, envenenado nestas tais redes sociais, elegeu um homem que vive uma guerra permanente contra adversários inexistentes.

Como presidente da República, seja capaz de olhar para o povo e esqueça os adversários que vivem somente nas mensagens de WhatsApp. O mundo começa a contestar o modelo de política externa; de política ambiental; de rechaço aos direitos humanos como se isso fosse coisa apenas de esquerdista. A grande imprensa internacional publica as declarações deste governo como se se tratasse de uma narrativa surrealista.

Desce do palanque, Bolsonaro! Desce antes que o povo perceba o óbvio: o senhor presidente não sabe governar.

Escreva um comentário