Nossa Política

Temer diz que sentirá falta do ‘Fora Temer’

Temer diz que sentirá falta do 'Fora Temer'
Temer diz que sentirá falta do ‘Fora Temer’
Ao longo do governo, Temer, que assumiu a Presidência após o impeachment da petista Dilma Rousseff, foi alvo de protestos por diferentes razões a favor da sua renúncia.

Do G1:


O presidente da República, Michel Temer, disse nesta quarta-feira (19), na última reunião com a sua equipe ministerial antes de deixar o governo, que sentirá falta dos gritos de “fora, Temer”, que ocorreram durante diversas manifestações que pediam a sua saída do cargo.

Ao longo do governo, Temer, que assumiu a Presidência após o impeachment da petista Dilma Rousseff, foi alvo de protestos por diferentes razões a favor da sua renúncia.

“Havia manifestações no início do nosso governo, uma manifestação política, que eu até vou sentir muita falta, do ‘Fora, Temer’, mas eram manifestações políticas, que quando falavam ‘Fora, Temer’ é porque eu estava dentro. Agora, estarei fora mesmo. Mas levou tempo, levou dois anos e meio. Levou dois anos e oito meses não só com protesto de natureza política, mas com empenho extraordinário de parte da imprensa que tentou nos derrubar”, afirmou, acrescentando que seu governo foi “adiante amparado” pelo trabalho de sua equipe.

Em maio do ano passado, os atos de “Fora, Temer” foram motivados pela delação premiada dos empresários Joesley e Wesley Batista, donos da JBS. As revelações dos delatores levaram à apresentação de duas denúncias contra Temer, que tiveram o andamento paralisado pela Câmara dos Deputados.

(…)


Escreva um comentário