Nossa Política

Luisa Mell publica imagens do cachorro morto no Carrefour

Luisa Mell publica imagens do cachorro morto no Carrefour
Em suas redes sociais, a ativista reclamou do modo que a equipe da prefeitura pega o vira-lata ferido – que se sacode e tenta escapar.

Da VejaSP:


A ativista dos animais Luisa Mell visitou nesta terça (4), em Osasco, a delegacia de investigações sobre infrações contra o meio ambiente (D.I.I.C.M.A.) para ver as imagens das câmeras de segurança do Carrefour, cedidas pela própria empresa à polícia. Um segurança da rede é acusado de espancar e matar um cachorro que circulava pelo estabelecimento na região metropolitana.

Estavam lá também o delegado e deputado estadual eleito Bruno Lima, o político e jurista Fernando Capez e uma protetora da ONG Bendita Adoção, que acompanhou o caso desde o início.

O cão se esconde dentro do mercado e, algum tempo depois, retorna para a área externa levado pelo funcionário. Aí, ainda sangrando, é cercado por um grupo de pessoas até a chegada do Departamento de Fauna e Bem-Estar Animal. Em suas redes sociais, a ativista reclamou do modo que a equipe da prefeitura pega o vira-lata ferido – que se sacode e tenta escapar.

Novo posicionamento

Na noite desta terça (4), o Carrefour mandou nova nota de posicionamento sobre o caso. Confira:

“O Carrefour reconhece que um grave problema ocorreu em nossa loja de Osasco. A empresa não vai se eximir de sua responsabilidade. Estamos tristes com a morte desse animal. Somos os maiores interessados para que todos os fatos sejam esclarecidos. Por isso, aguardamos que as autoridades concluam rapidamente as investigações.

Desde o início da apuração, o funcionário de empresa terceirizada foi afastado. Qualquer que seja a conclusão do inquérito, estamos inteiramente comprometidos em dar uma resposta a todos. Queremos informar também que estamos recebendo sugestões de várias entidades e ONGS ligadas à causa que vão nos auxiliar na construção de uma nova política para a proteção e defesa dos animais.“


1 comentário