Nossa Política

Homem agride idoso em Recife

Homem agride idoso em Recife
Homem agride idoso em Recife
A vítima foi levada para a UPA da Imbiribeira para receber os cuidados de emergência, segundo informações do 19º Batalhão da Polícia Militar.

Do Jornal do Comércio:


Uma câmera de segurança de um prédio localizado na Rua Amazonas, no bairro do Pina, Zona Sul do Recife, registrou na manhã de ontem a agressão sofrida por um idoso, identificado como William José de Souza.

O vídeo, que foi divulgado nas redes sociais e pela imprensa, possibilitou que a polícia identificasse o suspeito como Bruno Nunes Elihimas, considerado foragido, uma vez que não foi encontrado em sua residência. No vídeo, é possível observar que William é surpreendido por trás pelo agressor, que despende uma série de socos que derrubam o idoso. No chão, a vítima recebe mais socos e pontapés, a maioria no rosto.

O agressor se afasta, mas volta pouco tempo depois, parece discutir com o idoso e volta a bater nele, que se levanta com dificuldade e continua a ser seguido pelo suspeito. A vítima foi levada para a UPA da Imbiribeira para receber os cuidados de emergência, segundo informações do 19º Batalhão da Polícia Militar.

No início da noite, de acordo com o delegado Alessandro Orico, da delegacia de Boa Viagem, a polícia buscava identificar o agressor e colher o depoimento do agredido, uma vez que ainda não havia sido feita a ocorrência e se tinha como base apenas o vídeo. À noite, após a divulgação mais ampla das imagens em veículos de comunicação e nas redes sociais, o suspeito foi identificado.

De acordo com as autoridades, foram encontradas manchas de sangue nas áreas comuns da residência do suspeito e peritos do Instituto de Criminalísticas foram encaminhados ao local para colher material a fim de verificar se eram compatíveis com o da vítima.

O suspeito, Bruno Nunes Elihimas, de 35 anos, tem passagem pela polícia por crime de receptação. Até o fechamento desta edição, o imputado não havia sido encontrado e era considerado foragido e buscas estão sendo feitas em parceria das polícias Civil e Militar.

(…)


Escreva um comentário