Nossa Política

Fernanda Montenegro pede respeito aos artistas: “Não somos corruptos”

Fernanda Montenegro pede respeito aos artistas: "Não somos corruptos"
Fernanda Montenegro pede respeito aos artistas: “Não somos corruptos”
Não somos corruptos, não somos isso que de uma forma agressiva nos jogam brutalmente. Não somos ladrões. Procurem os verdadeiros buracos corruptos deste país”.

Ao participar da entrega do troféu Melhores do Ano, no Domingão do Faustão, a atriz Fernanda Montenegro criticou aqueles que comparam a classe artística aos corruptos quando se referem à Lei Rouanet.  Emocionada, ela pediu a palavra ao ser premiada.

A atriz fez um clamor em nome da classe artística, disse que a atuação está ligada à arte milenar do teatro medieval e pediu respeito.

“Não somos corruptos, não somos responsáveis pela crise política e econômica. Não somos responsáveis. É preciso que busquem as gangues onde elas estão. Eu aproveito o seu programa de tanta popularidade, onde nós lembramos os atores, os diretores. Não somos corruptos, eu sei que há a internet, uma terra de ninguém, mas nós tempos que nos posicionar. Somos dignos, temos uma profissão extraordinária. Tenho certeza de que para nós somos da melhor profissão do mundo”, disse ela.

A atriz de 89 anos disse que entende a visão de que muitos enxergam outras prioridades, mas pediu empatia.

“Podemos não ter uma profissão prioritária, mas nós tempos uma profissão libertária. Os nossos palcos, os nossos programas é uma busca pela ampliação das sensibilidades”, afirmou.

Fernanda Montenegro fez um último clamor. “Não somos corruptos, não somos isso que de uma forma agressiva nos jogam brutalmente. Não somos ladrões. Procurem os verdadeiros buracos corruptos deste país”, pediu. “Eu agradeço esta oportunidade. Este momento é lindo, a prova de que existe uma arte neste país”, encerrou ela.

Escreva um comentário