Nossa Política

Terapeuta da ‘cura gay’ participou de grupo de encontro LGBT

Terapeuta da ‘cura gay’ participou de grupo de encontro LGBT
O terapeuta Norman Goldwasser que defende a mudança de orientação sexual através do surgimento de uma identidade heterossexual manteve conta num grupo de encontro gay.

Um terapeuta da Horizon Psychological Services, que alegou que ele poderia mudar a orientação sexual dos clientes através de parceiros sexuais manteve uma conta no Bear Nation, de acordo com a organização sem fins lucrativos Truth Wins Out.

“A dupla vida de mentiras inconcebíveis de Norman Goldwasser destaca a hipocrisia e a natureza predatória da indústria fraudulenta da “‘cura gay‘”, disse Wayne Besen, diretor executivo da Truth Wins Out. “Pedimos a todos os estados que proíbam o flagelo da terapia de conversão que ataca a saúde mental dos jovens LGBT e os coloca em perigo”.

Goldwasser, um provedor judeu ortodoxo de serviços de terapia de conversão, anuncia em seu site que ele e uma equipe de profissionais em sua clínica em Miami Beach ajudarão clientes com a cura de traumas. Ele também enviou clientes para o chamado programa “masculinidade”, que envia homens gays ou questionadores para a floresta para participar de atividades “viris” com a intenção de garantir que eles surjam com uma identidade heterossexual, de acordo com Truth Wins Out.

“Ele ajuda os pacientes a entender e processar as maneiras pelas quais eventos dolorosos ou assustadores continuam a afetar o funcionamento atual”, diz o site. “Dr. Goldwasser trabalha com indivíduos cujas histórias de trauma levaram a vícios, ansiedade e transtornos do humor, bem como dificuldades nos relacionamentos”.

Mas Truth Wins Out encontrou o próprio “funcionamento atual” de Goldwasser, inclusive procurando marcar pontos com outros homens. Um agente secreto da organização encontrou Goldwasser sob o perfil “Hotnhairy72”. Usando o nome falso Dave, ele marcou um encontro para sexo com um agente disfarçado em um motel em Fort Lauderdale, afirma Truth Wins Out.

A Truth Wins Out disse que apenas exclui membros do movimento “ex-gay” que demonstram hipocrisia, lucram com isso ou apresentam danos aos jovens LGBT. Goldwasser cumpre todos os testes, disse o grupo.

As informações são do site Advocate.com.

Escreva um comentário