Brasil

Alunos e professores da UFPE são ameaçados em panfleto

Alunos e professores da UFPE são ameaçados em panfleto

Alunos e professores da UFPE são ameaçados em panfleto

Alunos e professores foram ameaçados em panfleto compartilhado nas redes sociais; professores tomaram medidas judiciais; a UFPE disse que vai averiguar os acontecimentos.

Professores e alunos do Centro de Filosofia e Ciências Humanas da Universidade Federal de Pernambuco foram ameaçados em nota que circula pelas redes sociais. No texto intitulado “Doutrinadores e alunos que serão banidos do CFCH-UFPE, em 2019”, os autores ameaçam nominalmente cerca de 20 pessoas.

Panfleto ameaça alunos e professores da UFPE

O final do texto faz uma referência clara ao presidente eleito Jair Bolsonaro com a seguinte frase: “vocês serão banidos! Escórias! O mito vem aí”. O panfleto fascista cita o professor de filosofia Michel Zaidan, classificado na lista como “doutrinador, comunista, antidemocrático”, afirmou não estar se sentido ameaçado. Zaidan está aposentado desde o ano passado.

Mesmo com as ameaças, professores apontados no panfleto continuam lecionando normalmente. Também citado na relação, o sociólogo José Luiz Ratton, rotulado no texto como “doutrinador socialista que faz apologia ao uso de drogas junto aos seus orientandos esquerdista”, disse que está tomando as providências institucionais necessárias.

“Todos os meios institucionais estão sendo buscados para que esse tipo de ameaça não volte a se repetir. As instituições precisam garantir os direitos não só dos professores citados, mas dos estudantes”, afirmou.

Com a palavra a UFPE

A assessoria de imprensa da UFPE informou que hoje (7) será realizada uma reunião com a direção do CFCH para averiguar todos os casos. De acordo com a universidade, “a livre manifestação de ideias é a base da universidade. Não importa o posicionamento. A segurança institucional da UFPE foi acionada, comunicada e irá averiguar os acontecimentos”.

Deixe um Comentário!