Notícias

Malafaia critica Bolsonaro por não nomear Magno Malta

Malafaia critica Bolsonaro por não nomear Magno Malta

Malafaia critica Bolsonaro por não nomear Magno Malta

A opinião de Malafaia é de que, para ajudar o então presidenciável do PSL, Malta “esqueceu a campanha dele e tomou ferro”. Agora ficou a ver navios.

O pastor Silas Malafaia não concordou com a indicação de Osmar Terra (MDB-SC) para o ministério da Cidadania; para ele, o ministro deveria ser Magno Malta.

O pastor Silas Malafaia é da opinião de que, depois de tudo o que fez por Jair Bolsonaro, Magno Malta merecia mais. E afirmou que a gratidão é a memória do coração.

“Minha filha, aprendi uma coisa: gratidão é memória do coração”, diz o pastor, que recentemente gravou um vídeo em apoio ao senador capixaba.

De acordo com o pastor, para ajudar o então presidenciável do PSL, Malta “esqueceu a campanha dele e tomou ferro”. Agora ficou a ver navios.

Malafaia frisa que “apoia intransigentemente” o presidente eleito e que não lhe cabe indicar ou vetar nomes para o próximo governo. “Agora, presta atenção, apoiar uma pessoa não significa concordar com tudo o que ela faz.”

Ele lembra que foi Magno Malta, um aliado de primeira hora de Bolsonaro, que convenceu várias lideranças evangélicas a embarcar na candidatura do agora presidente eleito — e se inclui nesse grupo.

Deixe um Comentário!