Notícias

Decisão de Bolsonaro sobre COP-25 causa mal-estar diplomático

Decisão de Bolsonaro sobre COP-25 causa mal-estar diplomático

Decisão de Bolsonaro sobre COP-25 causa mal-estar diplomático

Com a retirada da proposta brasileira, a ONU passou a se mobilizar para encontrar uma solução, enquanto governos estrangeiros não disfarçam a irritação com a postura do Brasil.

De acordo com reportagem do Estadão, estava tudo combinado para que a ONU chancelasse conferência no Brasil durante a reunião da Convenção-Quadro das Nações Unidas sobre a Mudança do Clima (UNFCCC, sigla em inglês) que ocorre a partir de segunda-feira, na Polônia e onde estarão 50 chefes-de-estado, chamada de COP-24.

A decisão do presidente eleito, Jair Bolsonaro, de negar a realização do evento no Brasil provocou um mal-estar diplomático.

Com a retirada da proposta brasileira, a entidade passou a se mobilizar para encontrar uma solução, enquanto governos estrangeiros não disfarçam a irritação com a postura do Brasil.

Ninguém na entidade acredita, porém, que a decisão de cancelar a COP-25 tenha uma relação com a questão orçamentária, como indicou o governo brasileiro. “Esse é um sinal do que poderá ser a política de meio ambiente do novo governo brasileiro”, indicou um membro de alto escalão da entidade, na condição de anonimato.

“Tradicionalmente, todos sabem que o Brasil mantém uma prática diplomática de manter seus compromissos internacionais”, disse outra fonte. “Essa decisão é uma ruptura na postura do País”, lamentou.

Deixe um Comentário!