Notícias

“Bandido com arma na mão tem que morrer”, diz Witzel

“Bandido com arma na mão tem que morrer”, diz Witzel

“Bandido com arma na mão tem que morrer”, diz Witzel

Há alguns dias, Witzel e Flávio Bolsonaro, senador eleito do Rio, traçavam planos para adquirir um drone que faz disparos em ações policiais.

Em entrevista ao jornal O Globo, o governador eleito do Rio de Janeiro, Wilson Witzel disse que uma de suas metas para a segurança pública é reduzir a taxa de homicídios por 100 mil habitantes abaixo de dois dígitos.

O ex-juiz federal e ex-fuzileiro das Forças Armadas reafirmou que traficantes com fuzil na mão devem ser abatidos por policiais. “Bandido com arma na mão tem que morrer”, disse ele.

Witzel já vinha defendendo o abate de criminosos portando armas, principalmente fuzis, desde o início da campanha.

Deixe um Comentário!