Política

Haddad venceu nas cidades mais pobres; Bolsonaro nas mais ricas

Haddad venceu nas cidades mais pobres; Bolsonaro nas mais ricas

Haddad venceu nas cidades mais pobres; Bolsonaro nas mais ricas

Fernando Haddad (PT) ganhou em 2.810 cidades, contra 2.760 de Jair Bolsonaro (PSL). Ainda assim, a diferença de votos entre eles foi de 10,7 milhões.

Do Esquerda Diário:


Apesar de ter perdido a eleição, o candidato do PT, Fernando Haddad teve mais votos na maioria dos municípios brasileiros. O petista ganhou em 2.810 cidades, contra 2.760 de Bolsonaro. Ainda assim, a diferença de votos entre eles foi de 10,7 milhões. Os dados levantados pela reportagem mostram ainda que, quanto menor o índice de Desenvolvimento Humano (IDH) do município, maior foi a votação em Haddad – e quanto maior o IDH, mais votos foram para Bolsonaro.

Como em São Caetano do Sul (SP), cidade com maior IDH do país, Bolsonaro venceu com 75,1% dos votos. Já no pequeno município de Melgaço (PA), com menos de 10 mil habitantes e o menor IDH do país, deu vitória para Haddad com 75,6% dos votos. Ou também na cidade de Nova Pádua, no Rio Grande do Sul, deu a maior vitória de Bolsonaro – 93% de seus 1.904 habitantes o escolheram como novo presidente. Guaribas, no Piauí, deu 98% de seus 2.938 votos a Haddad.

Apesar de ter conquistado maioria em menos municípios, Bolsonaro ganhou em cidades muito mais populosas do que Haddad – como São Paulo, por exemplo, que tem o maior eleitorado no País. Em votos válidos, a diferença de Bolsonaro para Haddad foi de 10,7 milhões de votos.

Os resultados do segundo turno mostram que o presidente eleito venceu em menos cidades do Nordeste – no primeiro turno ele teve mais votos em 38 de 1.377 municípios da região e no segundo, em 23. Haddad foi o que mais teve votos na região – ele venceu em todos os nove Estados nordestinos. Mas Bolsonaro teve vitória com larga diferença em Estados como São Paulo, Acre e Santa Catarina.

Nos três Estados do Sul, a vitória de Bolsonaro foi ainda mais expressiva. No Rio Grande do Sul, ele teve 63,24% dos votos válidos, ante 36,76% de Haddad. No Paraná, Bolsonaro ficou com 68,43% dos válidos, ante 31,57% de Haddad. Mas o Estado que mais deu votos para o presidente eleito na região foi Santa Catarina, com 75,92% dos válidos, contra 24,08% de Fernando Haddad.


Deixe um Comentário!