Mundo

França está preocupada com a eleição de Bolsonaro, diz Le Parisien

França preocupada com a eleição de Bolsonaro, diz Le Parisien

França está preocupada com a eleição de Bolsonaro, diz Le Parisien

O jornal francês Le Pariesien explica que, para os investidores, o programa econômico de Bolsonaro permanece totalmente opaco, marcado pelas contradições entre ele e Paulo Guedes.

Da RFI:


Para quem tem curiosidade em saber o que pensam investidores e autoridades francesas instaladas no Brasil sobre um eventual governo de Jair Bolsonaro (PSL), a resposta está no jornal Le Parisien desta sexta-feira (12): “Grande investidor no Brasil, a França está preocupada”, diz a manchete da página 7.

A França é o quarto maior investidor estrangeiro no Brasil. O desempenho de grandes multinacionais, como Total, L’Oréal, Renault, Peugeot, os grupos Alstom, Carrefour, Casino, Michelin e Engie, interfere diretamente nos ganhos e perdas do índice CAC 40 da Bolsa de Valores de Paris.

As cerca de mil filiais francesas instaladas no Brasil empregam 30 mil pessoas, a grande maioria – 20 mil – inscritas como residentes franceses no Brasil. Autoridades do governo e multinacionais acompanham a evolução da campanha presidencial na maior discrição.

Le Parisien explica que os investidores franceses sentiram a decepção, depois de um primeiro momento de euforia encerrado o primeiro turno, quando se deram conta que Bolsonaro pode não aplicar o programa ultraliberal que promete o economista Paulo Guedes. Pior: o programa econômico de Bolsonaro permanece totalmente opaco, marcado pelas contradições entre ele e seu guru econômico amplamente divulgadas na mídia.

Entre as autoridades francesas é a mesma interrogação e sigilo, já que os dois países assinaram uma parceria estratégica global e recíproca que envolve vultosos contratos de venda de armas e transferência de tecnologia ao Brasil.

(…)


Deixe um Comentário!