Repercussão

Toffoli nomeia um general como assessor no STF

Toffoli nomeia um general como assessor no STF

Toffoli nomeia um general como assessor no STF

No momento em que militares da ativa palpitam sobre política, contrariando a legislação, o que faz um general quatro estrelas no STF?

Dias Toffoli tomou posse ontem (13) como presidente do Supremo Tribunal federal (STF). E nomeou o general Fernando Azevedo, ex-chefe do Estado-Maior do Exército, para assessorá-lo.

Pelo que se sabe – Azevedo que recentemente passou para a reserva – foi indicado por Villas Bôas para auxiliar Toffoli, no STF e no Conselho Nacional de Justiça, nas análises e políticas para a área de segurança.

Fernando Azevedo vai auxiliar Toffoli nas análises e políticas para a área de segurança, inclusive no CNJ.

A nomeação é pouco usual e abre espaço para diversas especulações, num momento de acirrada polarização política e de protagonismo das Forças Armadas, trinta anos depois da volta da democracia.

2 Comentários

  • Perfeito! Um general é pessoa preparada, em termos de estratégia e cultura geral pouco comum, que pelo conhecimento, vivência e formação o coloca em situação de extremo equilíbrio para a triagem entre o joio e o trigo no contexto do panorama brasileiro!

Deixe um Comentário!