Repercussão

PT: Partido NOVO quer restaurar a censura política

PT: Partido NOVO quer restaurar a censura política

PT: Partido NOVO quer restaurar a censura política

A coligação ‘O Povo Feliz de Novo’ reagiu às investidas do Partido NOVO para censurar as campanhas que já foram substituídas.

O partido NOVO, de João Amoêdo, investe na judicialização da política. Mesmo após o PT ter substituído os programas da propaganda (retirando a imagem do ex-presidente Lula, como designação do TSE), o partido dos ditos neoliberais continua investindo em petições na Justiça contra a coligação ‘O Povo Feliz de Novo’.

Leia a íntegra da nota do PT:

NOTA DA COLIGAÇÃO “O BRASIL FELIZ DE NOVO”

A Coligação “O Povo Feliz de Novo” contestou no TSE a representação maliciosa do Partido Novo, que induz a Justiça a erro e quer restaurar a censura política no país. A Coligação substituiu os programas eleitorais cumprindo a decisão provisória sobre a candidatura Lula e não é responsável por erros de emissoras que não fizeram a troca de programas. Cumprimos a lei e queremos que ela seja cumprida, sem perseguição política.

Assessoria de Imprensa da Coligação

Deixe um Comentário!