Nossa Política » Economia » Mercado reage ao crescimento de Haddad e dólar vai a R$ 4,19

Economia

Mercado reage ao crescimento de Haddad e dólar vai a R$ 4,19

Mercado reage ao crescimento de Haddad e dólar vai a R$ 4,19
Mercado reage ao crescimento de Haddad e dólar vai a R$ 4,19
O dólar terminou esta 5ª feira (13) registrando alta de 1,21% sobre o real, a R$ 4,196. Esse foi o maior valor de fechamento da história do Plano Real, criado em 1994.

Fortemente influenciado pelo cenário eleitoral, o dólar terminou esta 5ª feira (13.set.2018) registrando alta de 1,21% sobre o real, a R$ 4,196. Esse foi o maior valor de fechamento da história do Plano Real, criado em 1994. Na máxima do dia, chegou a R$ 4,20.

As informações são do Poder360.

Antes deste pregão, a maior cotação havia sido registrada em 21 de janeiro de 2016, quando a moeda norte-americana fechou o dia a R$ 4,166. Em 2018, a valorização do dólar frente ao real já supera 28%.

Desde meados de agosto, o dólar vem acumulando fortes ganhos frente ao real e outras moedas emergentes. Além da incerteza externa –com o mercado acompanhando os efeitos da guerra comercial, do aumento dos juros nos Estados Unidos e da crise argentina e turca–, pesa sobre o real, principalmente, a incerteza eleitoral.

O mercado vê com maus olhos a possibilidade de crescimento do candidato à Presidência pelo PT, Fernando Haddad, na corrida pelo Planalto. Também já vem há algum tempo se decepcionado com o fraco desempenho do candidato do PSDB, Geraldo Alckmin.

(…)