Política

Greve dos Caminhoneiros: há rumores sobre nova paralisação

Greve dos Caminhoneiros: há rumores sobre nova paralisação

Greve dos Caminhoneiros: há rumores sobre nova paralisação

Entidades negam que os caminhoneiros estejam organizando nova paralisação. Rumores têm sido difundidos após aumento de 14% no preço do diesel.

Que Michel Temer deu uma rasteira nos caminhoneiros todo mundo já sabe. Mas o aumento de 12% a 14% no litro do óleo diesel provocou um verdadeiro escarcéu nas mídias sociais, com a publicação de boatos sobre uma nova greve dos caminhoneiros.

Os avisos compartilhados nas redes sociais dizem que devem se iniciar “novas paralisações a partir das 0h de domingo e, desta vez, bem mais organizadas e ordeiras”. Os autores dos comentários ainda completam que “não vai rodar nada — nem carro pequeno e nem ônibus”.

A paralisação tem sido desmentida por entidades sindicais da categoria. Ao R7, Claudinei Pelegrini, presidente da Fecam (Federação dos Caminhoneiros Autônomos do Estado de São Paulo) afirmou que “quem diz que vai haver uma outra greve definitivamente não quer o bem do setor”.

Segundo Pelegrini, que negociou as reivindicações da classe junto ao governo federal durante a greve que parou o país no último mês de maio, os arquivos compartilhados nas redes datam de três meses atrás e foram “ressuscitados” por mal-intencionados.

Após o acordo com as entidades representativas dos caminhoneiros, Michel Temer cumpriu apenas uma de quatro medidas prometidas pelo governo. Uma não se concretizou, e outras duas estão em vigor, mas ainda sem o resultado inicialmente previsto. Além dessas, uma quinta medida, a anistia às multas de trânsito, não estava entre as promessas, mas foi aprovada junto à MP dos fretes.

Deixe um Comentário!