Brasil

Dodge pede arquivamento de inquérito contra Paulinho da Força

Dodge pede arquivamento de inquérito contra Paulinho da Força

Dodge pede arquivamento de inquérito contra Paulinho da Força

Ao enviar o pedido ao Supremo, Raquel Dodge argumentou que não há elementos mínimos para oferecer uma eventual denúncia contra o deputado.

Do G1:


A procuradora-geral da República, Raquel Dodge, pediu ao Supremo Tribunal Federal (STF) para arquivar o inquérito que investiga o deputado Paulo Pereira da Silva (SD-SP), conhecido como Paulinho da Força. A decisão caberá ao ministro Dias Toffoli.

O inquérito foi aberto em março do ano passado após as delações de ex-executivos da Odebrecht e apura supostos repasses da empreiteira ao parlamentar.

Ao enviar o pedido ao Supremo, Raquel Dodge argumentou que não há elementos mínimos para oferecer uma eventual denúncia contra o deputado nem para o prosseguimento da investigação.

“Todas as diligências requeridas pela Procuradoria Geral da República e autorizadas pelo Supremo Tribunal Federal foram cumpridas, não havendo mais linha investigativa a se seguir. A única providência a ser tomada na espécie, portanto, é o arquivamento do inquérito”, afirma Dodge.

Paulinho da Força é investigado por corrupção passiva e lavagem de dinheiro porque teria recebido R$ 200 mil em vantagens indevidas para campanha eleitoral de 2010, sem declaração à Justiça Eleitoral, além de doação oficial de R$ 500 mil para campanha de 2012.

A contrapartida seria ajuda à empresa para solução de greves em obras e ajuda no comitê do FI-FGTS, que liberava recursos e tinha representação sindical.

Na época da abertura do inquérito, Paulo Pereira negou irregularidades e disse que havia declarado todas as doações.

(…)


Deixe um Comentário!