Brasil

Os aliados desaparecem e Beto Richa chora

Os aliados de Beto Richa desapareceram

Os aliados de Beto Richa desapareceram

Cida Borghetti, agora governadora e candidata à reeleição, quer excluir o tucano da chapa oficial palaciana. Ou seja, não quer ele disputando o Senado na coligação.

Depois de sair da prisão por mais um habeas corpus de Gilmar Mendes, o candidato a senador pelo Paraná, Beto Richa (PSDB), tentou mostrar força política, reunindo aliados. Resultado: acabou abandonado, chorando na beira da estrada.

Quem relata o fato é Esmael Morais:


O ex-governador Beto Richa (PSDB), após prisão, quis mostrar força política nesta terça (18). Bateu na trave. Os aliados de outrora sumiram, desapareceram, escafederam.

Ratinho Junior (PSD), seu ex-secretário, candidato ao Palácio Iguaçu, não deu o ar da graça. Valdir Rossoni (PSDB), seu braço direito na Casa Civil, também preferiu cuidar de sua candidatura à Câmara. O presidente da Assembleia, Ademar Traiano (PSDB), idem.

Cida Borghetti, agora governadora e candidata à reeleição, quer excluir o tucano da chapa oficial palaciana. Ou seja, não quer ele disputando o Senado na coligação.

Richa disse que não é homem de desistir, mas, pelo jeito, desistiram dele.

O ex-governador do Paraná caiu no choro ao perceber que foi abandonado por tradicionais aliados locais e pela cúpula nacional do PSDB.


Deixe um Comentário!