Repercussão

A Constituição de Mourão

A Constituição de Mourão

A Constituição de Mourão

O general Hamilton Mourão, vice de Jair Bolsonaro, deu indícios de como será a Constituição em seu governo: sem constituinte e sem povo.

Em Curitiba, onde deu palestra no Instituto de Engenharia do Paraná, o general Hamilton Mourão defendeu nesta quinta-feira (13) uma nova Constituição Federal formulada somente por “notáveis”, sem a participação do povo.

Para ele, o principal equívoco da atual Carta Magna foi ter sido originária de uma Assembleia Constituinte — convocada em 1986 com o objetivo exclusivo de elaborar a Constituição promulgada em 1988.

Mourão explicou que os “notáveis” seriam “juristas e especialistas” em leis. Ou seja, o povo ficaria de fora da Constituição, uma vez que os seus representantes deputados constituintes, responsáveis por aprovar as leis, seriam excluídos do processo.

Onde quer que esteja Ulysses (na foto acima) deve estremecer.

Deixe um Comentário!