Política

TSE impugna candidatura de Lula

TSE impugna candidatura de Lula

TSE impugna candidatura de Lula

Maioria dos ministros do Tribunal Superior Eleitoral (TSE) votou pela impugnação da candidatura do ex-presidente Lula, cabeça de chapa da coligação Brasil Feliz de Novo.

O Tribunal Superior Eleitoral (TSE) julga os pedidos de impugnação do registro do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, preso e condenado na Operação Lava Jato. Luís Roberto Barroso, ministro relator da ação, indeferiu o pedido de candidatura de Lula. Os ministros Admar Gonzaga, Jorge Mussi e Og Fernandes acompanharam Barroso e votaram pela inelegibilidade. Já o ministro Edson Fachin votou a favor do ex-presidente.

O relator, ministro Roberto Barroso, fundamentou voto pela inelegibilidade de Lula. “Eu jamais previ ou desejei e, se dependesse de mim, teria evitado que o destino nos trouxesse até aqui. O que o TSE procura é assegurar o direito do impugnado (Lula) e da sociedade brasileira tendo os candidatos à presidência definidos”.

Mesmo que o TSE negue o registro de Lula, a legislação permite ainda que seja apresentado, em até três dias, mais um recurso (embargos de declaração) à própria Justiça Eleitoral. Depois desse segundo julgamento, pode caber recurso também ao Supremo.

A estratégia do PT parece ser alongar ao máximo essa indefinição para manter Lula em evidência, com bom desempenho nas pesquisas eleitorais, e depois tentar transferir esses votos para seu provável substituto, o ex-prefeito de São Paulo Fernando Haddad (PT).

Com informações de agências.

Deixe um Comentário!