Mundo

Nicolás Maduro sofre atentado em Caracas

Nicolás Maduro sofre atentado em Caracas

Nicolás Maduro sofre atentado em Caracas

O ataque ocorreu quando Maduro, ao encerrar o evento, defendeu em discurso as últimas medidas econômicas de seu governo, que são rejeitadas pela oposição.

O Ministro da Comunicação da Venezuela, Jorge Rodríguez, denunciou um atentado contra a vida do presidente Nicolas Maduro, na tarde deste sábado (4), durante a comemoração do 81º aniversário da criação da Guarda Nacional, em Caracas. Rodríguez antecipou que Maduro escapou ileso. O presidente deixou com emergência o ato televisionado com soldados no centro de Caracas.

“Nosso presidente Nicolás Maduro está em perfeita saúde, em perfeitas condições”, disse Rodriguez em um pronunciamento transmitido pela televisão estatal VTV.

Segundo testemunhas disseram à Efe, o presidente venezuelano foi aparentemente atacado por um drone.

De acordo com o oficial, vários drones com explosivos detonados perto do palanque onde Maduro fez um discurso por ocasião da celebração dos 81º aniversário da Guarda Nacional Bolivariana (GNB), deixando um sete soldados feridos.

Estes “não evidenciam senão o desespero que já tínhamos observando em alguns porta-vozes do ultradireita venezuelana, que não mostram mais do que o ódio que têm denunciado permanentemente daqueles (…) que não deixarão de recorrer a práticas criminosas”, disse Rodriguez.

O ministro informou ainda que Maduro vai se dirigir ao país no sábado à noite para oferecer “mais detalhes sobre o caso”, depois de terminar uma reunião com seus colaboradores.

O ataque ocorreu quando Maduro, ao encerrar o evento, defendeu em discurso as últimas medidas econômicas de seu governo, que são rejeitadas pela oposição.

A transmissão televisiva mostrou os militares treinados e como eles evacuaram o ministro da Defesa, Vladimir Padrino. No palco com Maduro, além de Padrino e da primeira dama, Cilia Flores, havia representantes de todos os poderes públicos do país.

No local, a Avenida Bolivar, onde o ato foi feito, há uma fumaça forte. Os relatórios do Twitter mostram várias camadas de fumaça em toda a área ocidental de Caracas. Testemunhas dizem que soldados armados estão avançando pela Avenida México.

Estes eventos ocorrem em meio à grave crise econômica que aflige Venezuela, o país com as maiores reservas de petróleo do planeta, e que se traduz em uma escassez de todos os tipos de produtos, hiperinflação e uma disposição ruim dos serviços públicos.

Por estas razões, dezenas de protestos ocorrem diariamente no país, exigindo alimentos, transporte, água, eletricidade e melhores salários, entre outras demandas.

Com informações da agência EFE e do site La Republica, do Equador.

Deixe um Comentário!