Notícias

Economista ligado a Alckmin e Doria comprou portaria do governo

Economista ligado a Alckmin e Doria comprou portaria do governo

Economista ligado a Alckmin e Doria comprou portaria do governo

Roberto Giannetti foi secretário-executivo da Camex no governo FHC. Era cotado para coordenar o programa de governo do candidato à Presidência pelo PSDB, Geraldo Alckmin.

Da Folha:


Relatório da Zelotes aponta compra de portaria do governo envolvendo firma de Roberto Giannetti

O economista Roberto Giannetti da Fonseca, que é ligado ao PSDB, e um grupo de advogados são suspeitos de terem recebido pagamentos da siderúrgica Paranapanema para negociar a compra de uma norma favorável à empresa no governo federal.

Relatórios da Operação Zelotes apontam que a portaria 1.618/2014, editada em conjunto pela Receita e pelo MDIC (Ministério do Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior), estava no pacote de serviços supostamente ilícitos contratados pela empresa à Kaduna Consultoria, de Giannetti, que recebeu R$ 8 milhões da Paranapanema.

O economista foi alvo de medidas de busca e apreensão em 26 de julho. Outra suspeita é que ele tenha participado de esquema para corromper integrantes do Carf (Conselho Administrativo de Recursos Fiscais) —espécie de tribunal que avalia débitos aplicados pelo fisco—, com o objetivo de anular uma cobrança de R$ 650 milhões à siderúrgica. (…)

Giannetti foi secretário-executivo da Camex no governo FHC. Era cotado para coordenar o programa de governo do candidato à Presidência pelo PSDB, Geraldo Alckmin (SP), na área econômica, mas o escolhido foi Persio Arida.

O economista integrava a equipe de campanha de João Doria para o governo paulista, mas anunciou seu afastamento após a operação. (…)


Deixe um Comentário!