Notícias

Rejeição a Bolsonaro atinge o maior patamar, mostra pesquisa

Rejeição a Bolsonaro atinge o maior patamar, mostra pesquisa

Rejeição a Bolsonaro atinge o maior patamar, mostra pesquisa

Bolsonaro oscilou negativamente em todos os cenários estimulados de primeiro turno testados. Ele também viu sua rejeição chegar a 57%, o maior patamar já registrado.

Do InfoMoney:


Na semana em que foi sabatinado no programa Roda Viva, da TV Cultura, o deputado federal Jair Bolsonaro (PSL) viu suas intenções de voto na pesquisa espontânea consolidarem uma tendência de alta iniciada em junho. Segundo levantamento XP/Ipespe, realizado entre 30 de julho e 1º de agosto, Bolsonaro agora tem 17% das intenções de voto quando não são apresentados nomes de candidatos aos eleitores.

Por outro lado, o parlamentar oscilou negativamente, dentro da margem de erro, em todos os cenários estimulados de primeiro turno testados. Bolsonaro também viu sua rejeição chegar a 57%, o maior patamar já registrado. O estudo está registrado no TSE (Tribunal Superior Eleitoral) pelo código BR-06820/2018 e tem margem máxima de erro de 3,2 pontos percentuais, para cima ou para baixo.

Segundo o levantamento, Bolsonaro tem entre 19% e 22% das intenções de voto nos cenários estimulados de primeiro turno testados. Tal patamar confere ao deputado a liderança em todas as situações em que o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) não é apresentado como candidato.

A vantagem do parlamentar em relação aos adversários chega a ser de 11 pontos percentuais nas simulações mais favoráveis à sua candidatura. A pesquisa também mostrou Lula com 31% no único cenário que considera sua candidatura. É o maior patamar já registrado pelo petista da série, iniciada em 15 de maio.

(…)


Deixe um Comentário!