Notícias

Bolsonaro na GloboNews

Bolsonaro na GloboNews

Bolsonaro na GloboNews

O site NOSSA POLÍTICA vai atualizar em tempo real algumas respostas não literais de Jair Bolsonaro, que participa do programa Central das Eleições, da GloboNews.

Assim como no programa Roda Viva, da TV Cultura, o presidenciável do PSL, Jair Bolsonaro, tentou levar os jornalistas no bico com respostas fugidias e que somente mostram o seu despreparo.

– Ainda bem que o meu erro em Brasília é receber, legalmente, o auxílio-moradia.

– Não me considero fascista. Quem me chama disso nas ruas nem sabe o que é.

– O Pinochet assumiu no Chile, mas não vamos falar em quais circunstâncias.

– Eu quero que a China continue comprando nossas commodities, não que compre o Brasil.

– Sobre procedimentos médicos eu não posso falar pra você.

– Sou quase capaz de afirmar que entre os gays, eu ganho.

– Eu pergunto às mulheres: vocês preferem ter a lei do feminicídio no bolso ou uma arma na bolsa?

– Sobre o senhor ter falado que usava o dinheiro do auxílio-moradia para “comer gente”…
Bolsonaro: Se fosse para dar, podia?

– Eu quero que o candidato explique alguma coisa de economia.
Bolsonaro: Eu não vou aceitar esse jogo de vocês.

Bolsonaro: Temos aqui uma economista que pode nos ajudar.
– Jornalista de economia, mas o candidato aqui é o senhor.

Bolsonaro: Por que o PT não resolveu o problema?
– Nós estamos perguntando pro senhor.

– Sobre a mulher nascer da fraquejada?
Bolsonaro:Eu fiz uma brincadeira, é comum entre os homens.

– Essa declaração não é a única! O sr disse que a mulher deve ganhar menos pois engravida!
Bolsonaro: Cadê o áudio. Cadê o vídeo. Eu não falei isso!

– O Doutor Roberto Marinho foi um ditador ou um democrata?

A jornalista leu uma nota da Globo para rebater Bolsonaro, que citou apoio de Roberto Marinho à “revolução” de 1964. Segundo a nota da Globo, apoio ao golpe de 1964 foi um erro, reconhecido publicamente em 2013.

Terminando o programa vaza o áudio e Jair Bolsonaro diz que ali (na bancada de entrevistadores) tem “pelo menos dois ministros” e manda “abraço hétero pro Gabeira”.

Deixe um Comentário!