Brasil

Bolsonaro: Ninguém quer saber de jovem com senso crítico

Bolsonaro: Ninguém quer saber de jovem com senso crítico

Bolsonaro: Ninguém quer saber de jovem com senso crítico

Nos planos do presidenciável, até o ensino do uso e da importância de métodos contraceptivos nas aulas de biologia seriam extintos, porque “quem decide o sexo é papai e mamãe”. 

Da Folha:


Com a ambição de instalar colégios militares em todas as capitais se eleito, Jair Bolsonaro (PSL) acha que “ninguém quer saber de jovem com senso crítico” e que, na nova rede de escolas, “ninguém vai assistir a filme de sacanagem em nome da diversidade”.

A fala do capitão reformado, para uma plateia de militantes num ginásio com pouco público em Vitória (ES), ocorre justamente num contexto, revelado pela Folha, de que em 2018 a proporção de jovens de 16 e 17 anos que tiraram título de eleitor teve a primeira alta desde 2006.

Nos planos do presidenciável, até o ensino do uso e da importância de métodos contraceptivos nas aulas de biologia seriam extintos, porque “quem decide o sexo é papai e mamãe”.

As declarações acontecem na noite seguinte à entrevista do capitão reformado ao programa Roda Viva, da TV Cultura, em que responsabilizou os próprios negros pelo tráfico negreiro que perdurou do século 16 ao 19. No programa, Bolsonaro disse que “os portugueses nem pisavam na África” e “foram os próprios negros que entregavam os escravos”.

Questionado pela reportagem, o capitão reformado disse que “isso é história”, reafirmou a fala, e contou que não passam de “briga de tribos”: “[Os escravos] faziam prisioneiros e vendiam”.

Deixe um Comentário!