Brasil

Militantes do MBL são delinquentes juvenis, diz Ciro

Militantes do MBL são delinquentes juvenis, diz Ciro

Militantes do MBL são delinquentes juvenis, diz Ciro

O presidenciável fez a afirmação ao ser questionado sobre o inquérito aberto contra ele pelo MP-SP para investigar eventual crime de injúria racial contra Fernando Holiday (DEM-SP).

O pré-candidato à presidência da República Ciro Gomes (PDT) chamou os militantes do MBL (Movimento Brasil Livre) de “delinquentes juvenis”. O presidenciável fez a afirmação ao ser questionado sobre o inquérito aberto contra ele pelo Ministério Público de São Paulo para investigar eventual crime de injúria racial contra o vereador Fernando Holiday (DEM-SP).

“MBL? Eu sou candidato a presidente do Brasil, uma das maiores democracias do mundo e esses delinquentes juvenis são o que são. São o que são. E serão portanto assim tratados: delinquentes juvenis”, afirmou Ciro à Rádio Bandeiras.

Ciro havia chamado vereador Holiday de “capitãozinho do mato” durante entrevista à Rádio Jovem Pan. Um mês depois, o pedetista reiterou a fala e negou ter sido racista. “Quando você acusa alguém de capitão do mato, sabendo do histórico como eu sei, você está defendendo os negros. Um camarada que faz uma perseguição da agenda dos negros é um capitão do mato”, disse.

Questionado sobre o fato de o vereador ser negro, Ciro afirmou que o parlamentar “entrou para a política dizendo que ia acabar com as cotas contra os negros, acabar com o dia da consciência negra, num país que foi o mais atrasado em revogar a escravidão”. “Todas as entidades que defendem a questão dos negros no Brasil tem raiva e chamam ele de capitão do mato. Vamos ser sérios: onde é que tem racismo nisso?”

Fonte: Brasil 247

Deixe um Comentário!