Notícias

Mulheres pedem retratação da TV Cultura a Manuela D’Ávila

Mulheres pedem retratação da TV Cultura a Manuela D’Ávila

Mulheres pedem retratação da TV Cultura a Manuela D’Ávila

A participação de Manuela D’Ávila, candidata do PCdoB à presidência da República, no programa Roda Viva, da TV Cultura, ainda repercute.

Um grupo de mulheres criou uma petição online para angariar assinaturas com o intuito de pressionar a retratação púbica da TV Cultura pelo tratamento concedido à Manuela D’Ávila.

Segura e habilidosa, Manuela não se abateu diante dos ataques dos entrevistadores. Reafirmou que o projeto que seu partido tem é baseado nas particularidades brasileiras, e não um simples molde de uma experiência estrangeira em que o Brasil deveria se encaixar.

Entretanto, ficou evidente a misoginia e o machismo dos entrevistadores que, além disso, se esqueceram dos seus projetos, para questionar outros assuntos.

Na página da petição online, as mulheres exigem a retratação da TV Cultura.

Repudiamos a postura desrespeitosa e machista com que a pré-candidata Manuela D’Ávila foi tratada no programa Roda Viva na TV Cultura. Exigimos que a emissora cumpra seu papel de veículo público de comunicação dando espaço para que a a pré-candidata exponha de fato suas propostas, marcando uma nova data para um debate real e qualificado, já que ficou impossível no programa exibido na segunda-feira 25, dado o número de interrupções feitas pelos entrevistadores convidados pelo canal e pelo mediador. A emissora deve também se retratar, pois a reprodução do machismo e do desrespeito à mulher foi propagada em rede nacional pública em uma sociedade com altíssimos índices de violência contra a mulher.

Até o momento, mais de vinte mil assinaturas foram angariadas pela campanha que pede a retratação da TV Cultura e do Roda Viva pelo tratamento dado à pré-candidata do PCdoB à presidência da República, Manuela D’Ávila.

Para assinar, clique aqui.

Deixe um Comentário!