Notícias

A explicação de Temer sobre o aumento do desemprego

A explicação de Temer sobre o aumento do desemprego

A explicação de Temer sobre o aumento do desemprego – Foto: Beto Barata/PR

Você que está desempregado e não procura emprego é um desalentado. Precisa buscar alento e procurar emprego com a “retomada da economia”. A desfaçatez de Michel Temer é tão grande que ele, esfregando as mãozinhas, tentou explicar o aumento do desemprego.

Para Michel Temer, que vive numa cínica bolha de otimismo, o desemprego aumentou porque aumentou o número de desempregados que procuram emprego graças à melhora da economia.

Ou seja, criou o termo “desemprego psicológico”: o cidadão vai à procura de novas vagas por causa da “retomada da economia” e isso faz aumentar os índices de desemprego.

“Não é porque o desemprego aumentou. É que o desempregado, quando a economia começa a melhorar, ele, que estava desalentado, portanto não procurava emprego, ele se transforma num alentado, ele vai procurar emprego”, disse. “Aqueles que procuram emprego, alentados que se acham, aumenta porque a economia está melhorando”, defendeu Temer.

Durante sua fala, o presidente comentou que, em janeiro, houve o registro de 78 mil carteiras assinadas no país. Em fevereiro, foram 69 mil e, em março, 59 mil. Mas, por outro lado, houve aumento da procura por trabalho, que atingiu 1,5 milhão de pessoas, segundo o presidente.

Com informações de agências.

Deixe um Comentário!