Notícias

Sumiram com o cofre do Paulo Preto

Sumiram com o cofre do Paulo Preto

Sumiram com o cofre do Paulo Preto

Cofre foi roubado da casa de Paulo Preto, ex-diretor da Dersa e apontado pela Justiça como operador do PSDB enquanto ele estava preso. Paulo Preto foi solto na noite desta sexta-feira (11) por decisão do ministro Gilmar Mendes.

Do R7:


Ladrões descobriram dois cofres em uma casa em Campos do Jordão (SP), de propriedade de Paulo Vieira de Souza, o Paulo Preto, ex-diretor da Dersa apontado como operador de propinas do PSDB.

Um boletim de ocorrência datado de 30 de abril, quando Souza já estava preso preventivamente na Lava Jato em São Paulo, revela os detalhes da ação. Os criminosos teriam levado uma quantia aproximada de R$ 7.300, joias, quatro relógios, jogo de faqueiro de prata com 130 peças, três aparelhos de TV, um par de tênis, três óculos escuros, uma bolsa de viagem e dois perfumes femininos.

Nesta sexta-feira (11), o ex-diretor da Dersa obteve junto ao ministro do Supremo Tribunal Federal Gilmar Mendes a suspensão de sua prisão preventiva. Ele havia sido preso no dia 6 de abril. A ocorrência foi registrada no 1.º DP de Campos do Jordão pelo caseiro Sérgio Luiz dos Santos Júnior, no dia 30.

Foram duas invasões, relatou o caseiro. A primeira no dia 28 de abril, a outra no dia seguinte. Nas duas ocasiões, os ladrões entraram na casa após cortarem uma cerca.

(…)


Deixe um Comentário!