Política

Greve dos caminhoneiros é lock out

Greve dos caminhoneiros é lock out

Greve dos caminhoneiros é lock out

O governo golpista foi encurralado por patrões. Greves são organizadas por coletivos de trabalhadores, em busca de resultados que beneficiem toda uma classe.

Nossa Política reproduz nota da FUP (Federação Única dos Petroleiros) sobre a paralisação dos caminhoneiros:


Não há uma greve

Greve é interrupção do trabalho promovida pelo trabalhador.

No caso dos caminhoneiros:

  • os supostos “autônomos” são prestadores listados e credenciados por transportadoras; se não as obedecerem, são excluídos da lista de credenciados; SIMPLES!
    • somem a isso a enorme fração de caminhões de EMPRESAS, parados nos acostamentos;
    • e ainda o atendimento de setores estratégicos: ou vcs acham que são os “AUTÔNOMOS” que levam QAV – Querosene de Aviação, para os aeroportos???

Quando o patrão paralisa atividades econômicas para alcançar seus objetivos políticos, o nome disso é “Lock Out”.

E reduzir o valor do diesel por “Lock Out” NUNCA será o mesmo que reduzir por interesse dos trabalhadores.

A quem já serviu o “lock out” de caminhoneiros?

Exemplos:

  • A greve de trabalhadores do transporte municipal em Berlim em novembro de 1932, foi decisiva para a vitória do NSDAP – Partido Nazista, nas eleições que deram a Chancelaria/1° Ministro da Alemanha a Hitler.
    • A Greve dos caminhoneiros chilenos, em 1973, foi decisiva para o Golpe Militar contra o Governo Socialista de Allende.

Conhecer um pouco da história não faz mal a ninguém!!!

“A história se repete, a primeira vez como tragédia e a segunda como farsa.”
Karl Marx

FUP – Federação Única dos Petroleiros
Normando Rodrigues
Assessor jurídico


Deixe um Comentário!