Nossa Política

Governo Temer apelou ao PT para tentar impedir greve dos petroleiros

Governo Temer apelou ao PT para tentar impedir greve dos petroleiros
O ministro-chefe da Secretaria de Governo, Carlos Marun, telefonou a deputados petistas pedindo ajuda para evitar a greve dos petroleiros, que começou nesta quarta-feira.

Segundo reportagem de Luiza Miguez e Mariana Haubert na Piauí, o ministro-chefe da Secretaria de Governo, Carlos Marun, telefonou a deputados petistas pedindo ajuda para evitar a greve dos petroleiros, que começou nesta quarta-feira. Os telefonemas ocorreram na segunda, quando a greve dos caminhoneiros ainda dominava a pauta.

Dois deputados confirmaram ter recebido as ligações e disseram que suas respostas foram negativas para Marun.

Paulo Pimenta afirmou ter recebido ligação de Marun, em seu celular, por volta das 10hrs da manhã de segunda. O ministro teria feito um relato alarmado ao líder da bancada do PT na Câmara. “Demonstrava preocupação com as greves dos caminhoneiros e também a dos petroleiros, e sobre um eventual cenário ainda mais delicado que uma crise de desabastecimento poderia acarretar”, afirmou Pimenta para a revista.

Já o deputado Carlos Zarattini, do PT de São Paulo, também foi procurado pelo ministro no mesmo dia. Marun pedia que ele tentasse falar com os sindicatos. “Mas como é que a gente vai influenciar em pauta de sindicato? Eles têm diversas tendências políticas, não é assim”, respondeu.

A greve dos petroleiros foi convocada pela Federação Única dos Petroleiros, a FUP, por 72 horas, e pela Federação Nacional do Petróleo, a FNP. “Eu expliquei para ele que a nossa postura é de não reconhecer o governo, estamos na trincheira do ‘Fora, Temer’”, disse Pimenta, sobre a conversa com Marun.  Ainda a respeito da pressão do governo, o parlamentar disse que o ministro “ligou para a pessoa errada”.

Escreva um comentário