Notícias

A grave ofensa de Oscar Maroni a Gleisi Hoffmann

A grave ofensa de Oscar Maroni a Gleisi Hoffmann

A grave ofensa de Oscar Maroni a Gleisi Hoffmann

Dono de um famoso prostíbulo de São Paulo, Oscar Maroni ofereceu emprego a Gleisi Hoffmann, caso o seu pedido de impeachment for aceito pelos senadores.

O “empresário” Oscar Maroni fez críticas à senadora e presidenta nacional do PT, Gleisi Hoffmann. Mas foi muito mais além nas acusações. Ele afirmou que se Gleisi fosse do setor privado já teria sido demitida e que se o seu processo de impeachment for aprovado pelos senadores, ele arruma um emprego para ela no Bahamas.

No início do mês, com a decretação da prisão do ex-presidente Lula, Maroni expôs dois displays de 1,5 metro de altura cada. Um estampou a foto de corpo inteiro do juiz Sérgio Moro e outro, de Carmen Lúcia, presidente do STF. Ele ainda ofereceu uma recompensa a quem matar o ex-presidente Lula na prisão.

“Se o Lula for preso, até a meia noite, a cerveja é de graça. Agora, se matarem ele [Lula], o mês todo a cerveja é de graça. Se matarem lá na cadeia”, afirmou o “empresário”. Perguntado, a seguir, por um dos que o acercavam, se a morte de Lula fosse sofrida, o que ele ia dar, Maroni respondeu: “Aí eu dou o rabo”.

1 Comentário

  • Esse calhorda depravado já devia estar preso numa prisão comum onde poderia estar praticando as suas perversões, nos poupando de seus comentários e evitando que tomemos conhecimento de sua imunda existência!

Deixe um Comentário!