Mídia

Globo censura Chico Pinheiro

Globo censura Chico Pinheiro

Globo censura Chico Pinheiro

O diretor de Jornalismo da TV Globo, Ali Kamel, disparou um e-mail advertindo os jornalistas da emissora sobre as suas opiniões políticas e ideológicas expressas nas redes sociais.

Recentemente, o diretor de Jornalismo da TV Globo, Ali Kamel, emitiu um e-mail que advertiu todos os jornalistas da emissora sobre a publicação de opiniões partidárias nas redes sociais.

O e-mail foi disparado horas depois de vazar nas redes sociais um conjunto de áudios em que o jornalista Chico Pinheiro, apresentador do Bom Dia Brasil, faz uma apaixonada defesa do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, preso no último sábado por corrupção passiva.

Entretanto, outros jornalistas da Globo já expressaram o seu viés político e ideológico – contra Lula – e não foram sequer advertidos. Um dos exemplos de jornalista que não esconde o seu partidarismo é Leilane Neubarth, da GloboNews. No dia 5 de abril, após o julgamento do habeas corpus do ex-presidente Lula no STF, Leilane publicou em sua conta pessoal:

Globo censura Chico Pinheiro

Ou seja, a censura que vale para Chico – que demonstrou apoio a Lula – não vale para Leilane que quis a prisão de Lula. É censura. E mais do que isso, é parcialidade.

2 Comentários

Deixe um Comentário!