Notícias

Fake News: Gleisi não convocou terroristas na Al Jazeera

Fake News: Gleisi não convocou terroristas na Al Jazeera

Fake News: Gleisi não convocou terroristas na Al Jazeera

A direita espalhou pela internet a notícia falsa de que a senadora e presidenta nacional do PT, Gleisi Hoffmann, teria convocado grupos terroristas para defender o ex-presidente Lula.

A presidente do PT, senadora Gleisi Hoffmann (PR), gravou um vídeo para a rede de TV Al Jazeera, veiculado nesta terça-feira (17) no qual denuncia que o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva é um preso político no Brasil. Na gravação, Gleisi diz que “o objetivo da prisão é não permitir que Lula seja candidato na eleição deste ano” e convida “a todos e a todas” a se juntarem à campanha pela libertação do ex-presidente.

A senadora ressalta também que Lula é “um grande amigo do mundo árabe” e que em seu governo o comércio com a região “se multiplicou por cinco”. “Ao longo da história, o Brasil recebeu milhões de árabes e palestinos, mas Lula foi o único presidente que visitou o Oriente Médio”, destacou a parlamentar.

O apoio que Gleisi Hoffmann pediu tem a motivação de que Lula foi preso injustamente e de que a condenação teve como papel fundamenta retirá-lo das eleições de outubro. Entretanto, a direita brasileira, ignorante como ela só, espalha fake news pelas redes afirmando que Gleisi teria convocado grupos terroristas para defender Lula.

É que para a direita, o Oriente Médio é habitado apenas por terroristas e não pacifistas, muitos deles conhecedores do governo vitorioso do ex-presidente Lula. A senadora Ana Amélia Lemos (PP-RS) criticou Gleisi e recebeu uma resposta à altura na tribuna do Senado Federal:

“A senadora que incentivou a violência contra a caravana do Lula no Sul do país, mandando erguer o relho, agora externa seu preconceito e xenofobia com os árabes, ao me criticar por ter falado com a TV Al Jazeera. Entrevistas que dei com mesmo conteúdo a BBC, RTP, EFE não a incomodaram”.

Deixe um Comentário!