Brasil

Delator que desviou US$ 100 mi da Petrobras se livra de tornozeleira

Delator que desviou US$ 100 mi da Petrobras se livra de tornozeleira

Delator que desviou US$ 100 mi da Petrobras se livra de tornozeleira

Pedro Barusco, que recebeu US$ 100 milhões de empreiteiras que integraram o cartel que assumiu o controle de contratos bilionários da Petrobrás, não mais utilizará tornozeleira eletrônica.

Do Estadão:


Barusco era gerente de Engenharia da Diretoria de Serviços da Petorbrás, então sob comando de Renato Duque.

Alvo da Lava Jato, Barusco se livrou da prisão ao fechar acordo com a Procuradoria. Ele confessou ter recebido propinas de US$ 100 milhões de empreiteiras que integraram o cartel que assumiu o controle de contratos bilionários da Petrobrás.

O próprio Barusco abriu mão da fortuna que amealhou de forma ilícita. Os US$ 100 milhões que depositou em contas na Suíça já foram repatriados.

Ao autorizar Barusco sem tornozeleira, a juíza Carolina Lebbos advertiu. “Fica o executado advertido de que o cumprimento da pena sob o novo regime baseia-se na sua autodisciplina e senso de responsabilidade. No caso de descumprimento injustificado, estará sujeito o executado à regressão de regime e a não extensão do benefício a outras eventuais condenações, consoante os termos da sentença condenatória e do acordo de colaboração premiada homologado.”


1 Comentário

Deixe um Comentário!