Notícias

Governo Temer quer oferecer 40% do Ensino Médio à distância

Governo Temer quer oferecer 40% do Ensino Médio à distância

Governo Temer quer oferecer 40% do Ensino Médio à distância – Foto: Nilton Fukuda/ Estadão

A medida já está sendo questionada. Para o deputado Ivan Valente (PSOL-SP), é uma escola que finge que ensina e aluno que finge que aprende. O quer economizar à custa de uma educação ainda mais precária para nossa juventude.

De acordo com a Folha de S.Paulo, O governo Michel Temer (MDB) quer liberar até 40% da carga horária total do ensino médio para ser realizada a distância. Para a educação de jovens e adultos, a proposta é permitir que 100% do curso seja fora da escola.

 A reforma do ensino médio, aprovada em 2017, abriu a brecha ao ensino online — possibilidade vetada anteriormente. Agora, resolução que atualiza as Diretrizes Curriculares Nacionais do Ensino Médio prevê essa regulamentação da carga horária.

Nas redes sociais, a deputada Erica Kokay (PT-DF) afirmou que para a modalidade de educação de jovens e adultos o ilegítimo quer que 100% do ensino seja fora da escola. É mais uma maneira de baratear o custo da educação para desmontar o ensino público.

O governo de Michel Temer já sucateou as universidades públicas; destruiu programas de pesquisa e bolsas de estudo no exterior; agora parte para o ataque ao ensino médio.

Deixe um Comentário!