Política

É hora de suspender a caravana Lula pelo Sul?

É hora de suspender a caravana Lula pelo Sul?

É hora de suspender a caravana Lula pelo Sul?

Na noite deste domingo (25), o ex-deputado Paulo Frateschi, que coordena a caravana pela região e tem 68 de idade, se colocou na frente do ex-presidente Lula e foi atingido por uma pedra na orelha, que ficou gravemente ferida.

Neste domingo, em Santa Catarina, um grupo de fascistas, sob o silêncio cúmplice da política de Santa Catarina, atirou pedras no ônibus da caravana do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva. No incidente mais grave, o ex-deputado Paulo Frateschi, que coordena a caravana pela região e tem 68 de idade, se colocou na frente do ex-presidente e foi atingido por uma pedra na orelha, que ficou gravemente ferida. Antes disso, no Rio Grande do Sul, quatro mulheres foram atacadas e hospitalizadas. Em fotos registradas pela mídia, agressores circulavam armados, sem que a polícia nada fizesse.

Esse avanço do fascismo exige do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva bom senso. Como líder pacífico que é, Lula deve suspender as atividades de sua caravana, que, depois do Rio Grande do Sul e de Santa Catarina, ruma para o Paraná.

Neste momento, em que Lula está fortalecido, após uma importantíssima vitória no Supremo Tribunal Federal, o que os brasileiros esperam é que ele cuide da própria segurança e se prepare para voltar à presidência da República, encerrando o ciclo de ódio que vem corroendo o Brasil.

É hora de suspender a caravana e denunciar ao mundo o avanço do fascismo no Brasil, como será feito nesta segunda-feira pela presidente deposta Dilma Rousseff e pelo embaixador Celso Amorim, em entrevista coletiva a correspondentes internacionais, no Rio de Janeiro.

Fonte: Brasil 247

Deixe um Comentário!