Política

Moro está de partida para os EUA?

Moro está de partida para os EUA?

Moro está de partida para os EUA?

Hoje, a confirmação de que Sérgio Moro pediu exoneração do cargo de professor de Direito Penal da UFPR é mais um indício de que ele está a caminho dos EUA como informou a Folha em novembro de 2016.

A primeira vez em que o juiz Sérgio Moro, responsável pela Lava Jato, foi em abril de 2016, quando ele afirmou que a operação poderia ser finalizada em dezembro daquele ano. Aproximadamente dois anos depois, Moro pede exoneração do cargo de professor da Universidade Federal do Paraná (UFPR) e aumenta os rumores de que vai para os EUA.

Em novembro de 2016, Moro pediu licença de um ano para estudar nos Estados Unidos. Na época a informação foi confirmada à jornalista Monica Bergamo, da Folha de S.Paulo, pela secretária do departamento de ciências jurídicas da instituição, que não detalhou as razões para o juiz protocolar o pedido. Segundo ela, a viagem estaria sendo planejada para 2018 ou 2019.

Naquele momento, por meio de sua assessoria de imprensa, o juiz negou ter pedido afastamento da UFPR. Entretanto isso aconteceu algum tempo depois.

Hoje, a confirmação de que Sérgio Moro pediu exoneração do cargo de professor de Direito Penal da UFPR é mais um indício de que ele está a caminho dos EUA como informou a Folha em novembro de 2016.

Outro indício é a sua atuação nos processos contra Lula. Moro teria executado a sua função que era condenar o ex-presidente e impedir que dispute as eleições de 2018. De qualquer modo – Lula sendo preso ou estando solto para disputar o pleito – Moro já não tem mais função.

Recentemente a descoberta de que ele recebe auxílio-moradia mesmo tendo casa em Curitiba lançou luz sobre a ideia de que a mídia, a sua máxima protetora, o havia abandonado. A sua esposa Rosangela chegou a criticar a imprensa e acabou excluindo uma página no Facebook onde passava o tempo a vangloriar os feitos do marido.

Deixe um Comentário!