Blog do Mailson Ramos

Os irmãos Batista ameaçaram o judiciário e… Foram soltos

Os irmãos Batista ameaçaram o judiciário e... Foram soltos

Os irmãos Batista ameaçaram o judiciário e… Foram soltos – Foto: Andre Borges / FolhaPress

A informação de que os irmãos Batista entregariam membros do judiciário foi desmentida pelas suas defesas. Mas num país onde empresários compraram tudo, inclusive políticos, para manter os seus impérios, por que não comprariam juízes?

O chavão “manda quem quer e obedece quem tem juízo” também vale para o judiciário e os seus poderosos juízes, estes que estão governando o país em concomitância com os golpistas. Bastou os irmãos Batista (Joesley e Wesley) abrirem o bico ameaçando entregar membros do judiciário e as portas da cadeia foram se abrindo.

Tudo começa com a notícia de que os empresários, presos, desejavam ampliar seus acordos de delação, entregando membros do judiciário. A informação, porém, foi logo desmentida pelas suas defesas. Mas a fagulha estava acesa. Num país onde empresários compraram tudo, inclusive políticos, para manter os seus impérios, por que não comprariam juízes?

Joesley Batista, por exemplo, disse naquela gravação com Michel Temer que estava ‘segurando’ dois juízes e que tinha pessoa ‘dentro da força tarefa’ [da Lava Jato] que passava informações. É possível que, conhecendo o submundo do poder, os empresários tenham se relacionado com membros do judiciário para obter vantagens.

Passados três dias da veiculação da notícia de que os irmãos Batista delatariam membros do judiciário, Wesley foi solto. Quinze dias depois, Joesley também estaria fora da prisão. Aqui não se julga o mérito das prisões.

De acordo com o juiz Marcus Vinicius Reis Bastos, Joesley “tem residência conhecida, ocupação lícita e colabora com as investigações, sem notícia de antecedentes que o desabone, circunstâncias que favorecem o pretendido restabelecimento da sua liberdade”.

E afirmou que o tempo de prisão [seis meses] do empresário era “flagrantemente aviltante ao princípio da razoável duração do processo”. Era aviltante, mas por que não foi libertado antes? Não se pode negar também que Joesley Batista desafiou Michel Temer e Aécio Neves, colocando ao país (em gravações) as suas piores torpezas.

Isso demonstra também que os comandantes do golpe não sofrerão mossa alguma por parte da Lava Jato. Joesley e Wesley cometeram crimes, é evidente, mas as suas prisões serviram para relativizar as sujeiras que eles de fato sabem sobre Temer e Aécio. E, talvez, sobre o judiciário, o poder que no Brasil manda soltar e prender quando quer.

Deixe um Comentário!